“O equilíbrio – ou a pretensão de equilíbrio. Essa foi a diretriz a qual a poeta Angélica Amâncio recorreu para garimpar, dentre sua lavra, os poemas que recheiam o recém-lançado livro “Adagio Ma Non Troppo – E Outras Canções Sem Palavras”. “A temática amorosa é preponderante, mas tentei mesclar formas poéticas diferentes – como o poema concreto e o haicai – e outros assuntos, de cunho mais social. Também tentei juntar poemas mais densos a outros mais leves, mais prosaicos, talvez”, diz a moça de Três Corações, radicada em BH há 13 anos.”

Confira a matéria completa clicando aqui: Hoje em dia

Adquira seu exemplar clicando aqui: Adagio ma non troppo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *