Corrupção, desamparo e fé

O livro retrata o sofrimento de duas terapeutas que trabalham no serviço público brasileiro. Os diálogos entre elas nos trazem uma reflexão sobre os sofrimentos da população, o desânimo de seus pacientes e o quanto as cidades brasileiras enfrentam situações de calamidade com a corrupção e o desamparo. E mesmo com todas as injustiças elas conseguem superar os problemas do cotidiano oferecendo apoio ao público. Além dos problemas de seus pacientes, como transtornos mentais, problemas emocionais, dependência química, deficiência mental e outras síndromes, elas enfrentam os problemas sociais e políticos que dificultam os atendimentos. Paula e Carmem são dramáticas, depressivas
Leia mais