LIVRO

IMPRENSA SURGENTE E INSURGENTE NA INDEPENDÊNCIA – Memórias do Correio do Rio de Janeiro e de seu redator, “hum tal Lisboa”

R$70,00

Disponível por encomenda

  • Autor
    Nilo Sergio S. Gomes
  • ISBN
    9786599143380
  • Ano
    2020
  • Páginas
    452
  • Gênero
    Acadêmico, Ciências Humanas, História, Jornalismo, Multifoco
  • Selo
    Multifoco

Descrição

Este livro trata de um período muito pouco conhecido na historiografia brasileira. Geralmente, o primeiro jornal brasileiro foi o Correio Braziliense, mas que era publicado fora do Brasil, em Londres, por João Soares Lisboa, um português de nascimento, mas que viveu a maior parte de sua vida no Brasil.

Participou de inúmeras atividades políticas em prol da completa emancipação política do país, desde antes da Independência até posteriormente, quando a influência de Portugal ainda era muito grande do Brasil, até mesmo porque o imperador, Pedro I, era português, filho de portugueses, e Bonifácio, o super ministro, muito próximo a Portugal, onde viveu durante muitos anos.

Degredado para Portugal, onde nasceu, João Soares Lisboa, ao navio aportar em Recife, fugiu a nado do navio e foi juntar-se às tropas de Frei Caneca, que lutavam pela independência do Nordeste e do Norte do país do jugo da sede da corte, o Rio de Janeiro.

Em Recife, às margens do Rio Capibaribe, João Soares Lisboa, integrando as tropas de Frei Caneca, foi baleado, morrendo e ali mesmo foi enterrado e teve, antes, a sua missa de corpo presente oficiado.