LIVRO

VOCÊ ESTÁ PRESTES A SAIR DO DESERTO!

R$45,00

  • Autor
    Mônica Sampaio de Melo
  • ISBN
    9788582736784
  • Ano
    2019
  • Páginas
    90
  • Gênero
    Poesia e crônica
  • Selo
    Birrumba

Descrição

Olá, como vai, tudo bem?
Meu nome é Mônica Sampaio – Mônica Sampaio de Melo -, e já que aceitou o meu convite, vou conversar com você a respeito de algumas informações importantes, que aprendi com minhas experiências, tanto com Programação Neurolingüística, como na minha caminhada cristã. Eu fui a minha própria “cobaia”. Fui não, tenho sido. 
Pare, por favor, e pense: O que você gostaria que Deus te dissesse agora, neste momento?
Você acredita em Deus? Se não acredita, por favor, não pare de ler por causa disso. Continue. Apenas faça de conta que Deus existe; que existe um Ser Superior, capaz de resolver seus problemas – ou ajudá-lo a resolver – de forma nunca antes pensada por você; inédita! Alguém que pode atravessar a barreira do tempo e fazer com que muitas etapas sejam “queimadas” e, como num passe de mágica, algo que você deseja tanto, de repente, aconteça bem na sua frente!
Pense em algo que você busca há muito tempo, e que não vê a menor sombra de que pode acontecer neste exato momento. 
Pensou? Pense neste sonho impossível. Escute, por mais cético, por mais incrédulo que alguém possa ser, sempre guarda sonhos em seu coração. 
Por mais desanimado e desesperançado que esteja, já há uma centelha pequenina em seu íntimo, chamada ESPERANÇA, que foi acesa e o fez pegar este livro e começar a ler.
Eu sei quem acendeu essa pequenina chama. Foi o mesmo que reacendeu em mim o desejo de voltar a escrever livros, e a buscar a realização do meu sonho, que é trabalhar com aquilo que mais amo fazer: Escrever. 
Conheço desânimo; sim, conheço bem, e a fundo. Sei o que é passar anos, décadas, vendo seus sonhos fracassarem, um após o outro. 
Porém cheguei num ponto que, se eu seguir com meus sonhos enterrados, vou me tornar uma pessoa amarga, continuando com o gosto do fracasso em minha boca, e com a humilhação da falência como marca registrada em minha vida. E eu não quero isso. 
O “não” eu já tenho; portanto, só me resta correr para apenas uma direção: A direção do “SIM”.